Quando se fala em autoestima, o que surge na sua mente? Você tem autoestima baixa ou alta? Ou não parou pra pensar sobre isso? Acompanhe esse texto e veja de qual lado você está.

O que é Autoestima

Autoestima é a qualidade que pertence ao indivíduo satisfeito com a sua identidade, ou seja, uma pessoa dotada de confiança e que valoriza a si mesmo.

No âmbito da psicologia, a autoestima consiste numa avaliação subjetiva que determinado indivíduo faz de si próprio. Neste caso, características como a dignidade, o respeito e a confiança são presentes na personalidade dessa pessoa.

De acordo com os estudos de Sigmund Freud, a autoestima estaria diretamente relacionada com o desenvolvimento do ego.

A autoestima é o “eixo central” da mente. Quando esse eixo é frágil, aumenta muito a chance de se desenvolver problemas emocionais maiores, como depressão, bipolaridade, burnout (esgotamento emocional) e inclusive uma autoestima baixa.

A autoestima é o modo como você se sente, se avalia e se relaciona com você mesmo, simples né? Sim, mas não pra todos, existem muitas mulheres que sofrem com a autoestima baixa e levam uma vida de tristeza e outo depreciação quando na verdade não deveria ser assim.

3 tipos de autoestima – Baixa – Alta – Essencial

Por que autoestima baixa?

O ser humano é essencialmente um ser social, nascemos pra nos relacionarmos, pra nos amar e ser respeitados. Nossos relacionamentos principalmente na infância trazem grandes benefícios, mas tem seus efeitos colaterais, se esses relacionamentos forem de agressões físicas ou emocionais.

Muitas criança sofrem quando não correspondem às expectativas dos pais ou tem pais descontrolados. Críticas, ofensas, chantagens emocionais, comparações desnecessárias, tudo isso contribui para uma destruição na percepção da criança sobre si mesma, ela começa a ficar mais sensível e ferida emocionalmente, já que depende quase que inteiramente dos pais, os que tinham que proteger a ataca, e assim ele pensa que todas as pessoas são assim, e com isso acaba se escondendo, não demonstra seus pensamentos, vontades por medo de ser recriminada, como sempre foi.

Por trás de pessoas hipersensíveis, geralmente há uma história de não se sentir suficientemente amado, ter ouvido coisas que machucaram emocionalmente, ter passado por experiências de abandono (ex. separações) ou ter sido excluído, rejeitado, humilhado (bullying). Mas tudo isso pode mudar, e pode ser agora. Você pode tomar a decisão de não mais se esconder e se não concordarem com você não tem problema as pessoas são diferentes.

Você sabia que a nossa autoestima pode mudar nosso estado físico e emocional?

Pois é, quando uma pessoa é negativa consigo mesma, ela cria uma enorme barreira entre si e os objetivos que tanto deseja alcançar. É muito fácil identificar quem tem autoestima baixa. Veja essa lista e tire suas conclusões.

Características da autoestima baixa

  • não se sente digna de amor e respeito
  • se considera incapaz e incompetente
  • acredita que não merece coisas boas
  • se considera uma pessoa defeituosa
  • tem a postura fechada e encurvada
  • não confia em si e evita desafios
  • não reconhece suas qualidades
  • tende à tristeza e melancolia
  • tem a autoimagem negativa – atribui seus êxitos à sorte
  • se considera uma farsa – desconsidera elogios
  • é muito insegura – baixa tolerância à frustração
  • reage mal às críticas – fica remoendo horas, ou até dias, depois de algum conflito
  • se sentir carente e buscar aprovação
  • depender emocionalmente dos outros
  • se culpar demais – querer agradar os outros ou, pelo menos, não desagradar

A autoestima baixa acomete cerca de 15% das pessoas. Apesar de trazer muitos problemas e principalmente a infelicidade. Pesquisas dizem que os custos em saúde mental correspondem a cerca de 50% dos prejuízos por afastamento e mau desempenho no trabalho. O fato é que cuidar da autoestima é um ótimo caminho para prevenir problemas emocionais maiores e também para resolvê-los uma vez que já tenham surgido.

Vamos ver agora autoestima alta, muito fácil identificar quem tem essas características; veja se você se identifica.

Características da autoestima alta

  • se acha especial, bem acima da média
  • não reconhece seus defeitos e limitações
  • gosta de se exibir e exaltar suas qualidades
  • acredita ter mais qualidades do que os outros
  • faz piadas e comentários para rebaixar os outros
  • busca por poder – precisa ser admirada
  • precisa chamar a atenção – se acha invejada

O melhor objetivo é buscar desenvolver uma autoestima equilibrada, que é essencial para seu bom desempenho pessoal e profissional.  Não é preciso ser superior, perfeito, poderoso ou se sentir especial. O essencial é quando aceitamos nossas imperfeições, reconhecemos que somos humanos em desenvolvimento, que somos diferentes e precisamos nos fortalecer para superar as adversidades.

Autoestima Essencial

  • Gosta de si sem se achar especial
  • Reconhece seus defeitos e os aceita
  • Colabora sem dependência emocional
  • Coloca-se como prioridade sem ser egoísta
  • Busca se compreender quando erra em vez de se repreender
  • Confiante – Aberto a críticas
  • Centrado e seguro – À vontade na própria pele
  • Postura natural – espontânea – confiante. 

Como melhorar a autoestima

  • Autoconhecimento, Reconheça suas virtudes, celebre quem é você.
  • Automotivação e autoresponsabilidade, seja protagonista da sua história e não terceirize a ninguém, pode ser que as pessoas não façam como você gostaria. Então faça você.
  • Tenha compreensão com você mesmo
  • Transformar padrões mentais negativos por positivos, isso requer esforço.
  • Comece a procurar soluções para seus problemas
  • Desenvolver novos hábitos, estratégia que promova mudanças.
  •  Leituras (livros de psicologia, autoajuda)
  • Psicoterapia, mentoria e consultoria. Só não pode ficar parada.
  • Busque por seminários de meditação e encontros espirituais.
  • Desenvolva sua espiritualidade, quem te criou sabe como te conduzir, fale com Ele.
  • Desenvolva inteligência emocional e espiritual.

Benefícios da autoestima

  • Facilidade em assumir a responsabilidades
  • Satisfação pessoal e profissional
  • Paz interior
  • Motivação para realizar as atividades diárias

Depois de ler esse artigo me fale, de que lado você está?

Cristiana Franca – Consultoria Para Mulheres

Você pode ser quem você quiser e eu posso te conduzir com o Programa Postura de Valor – 5 Ps que pode transformar sua vida. Postura, Propósito, Produtividade, Prosperidade e Paz.
Programa feito especialmente pra você conhecer seu propósito, produzir a partir dele pra ter prosperidade e paz sem negligenciar a sua postura. (Autoestima Essencial) São os 5 Ps que você precisa pra sair de vítima a protagonista.
São 5 encontros presenciais ou online, eu espero você, grande abraço e que Deus te abençoe sempre.

Cristiana Franca